éramos normais

Por fim, para acabar com as brigas, Mama saiu e trouxe mais umas páginas do Grande Livro. Como já éramos crescidinhos, fomos todos chamados a participar na retalhação. Guinchando de prazer, roemos e rasgámos violentamente. Nada como a destruição para suscitar um reconfortante sentimento de camaradagem e por instantes, no meio daquela anarquia, sentimo-nos realmente uma família grande e feliz. Quando me pedem para contar um qualquer episódio da minha infância, escolho sempre esse, só para mostrar que éramos normais.


Firmin


by Sam Savage
tradução de Sofia Gomes

 

nós é que somos estranhas ;)***

 

Anúncios

~ por salamandrine em Abril 21, 2009.

Uma resposta to “éramos normais”

  1. Muito bom.

    As malucas, normais, agradecem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: