Anarquismo

Historicamente, a anarquia é uma doutrina que critica a sociedade existente, preconiza uma nova ordem social e indica os meios de realizar a transição de uma para outra. Uma simples e irreflectida atitude de rebelião não é suficiente para fazer um anarquista; nem é anarquista quem recuse o poder terreno, com base em considerações filosóficas ou religiosas. Místicos e estóicos não desejam a anarquia, mas um outro reino. A anarquia, historicamente falando, encara sobretudo o Homem nas suas relações com a sociedade. O seu objectivo último é sempre uma mudança social e a sua atitude activa é sempre de condenação da sociedade, mesmo que essa atitude possa decorrer de uma concepção individualista da natureza humana; o seu método é sempre o da revolta, violenta ou não, contra a sociedade.


George Woodcock, O Anarquismo

tradução de Rafael Gomes Filipe
Editora Meridiano


(o bold é meu)

Anúncios

~ por salamandrine em Maio 5, 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: