A Sombra Inicial

Vem a poesia da meia claridade
do princípio da vida quando as sombras
tornam ainda obscuro
o texto e pouco a pouco uma água
começa a percorrê-lo sem o levar
Porém que diz ao mundo uma visão
de rostos inclinados transformando-se
devagar em palavras que não
sobem do fosso em que naufragam?
É preciso salvá-las
dessa água que as lava sem levá-las
e os rostos do mundo então dividem-se
e a luz sai dos
olhos ignorados sem sabermos
se é isso a poesia ou se ela era
a sombra inicial que vimos quando a
vida se afastava do nada


Gastão Cruz
A Moeda do Tempo

Anúncios

~ por salamandrine em Julho 14, 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: