going about it in the wrong way

oito da noite: sair do escritório. demasiado cansada para ir à feira. andar a mil. supermercado. levar a cadela à rua, numa corrida. aterrar no sofá. comer qualquer coisa. tentar ler. adormecer.
repeat.

sair do escritório. ignorar o cansaço que me manda para casa. entrar na feira. encher os pulmões de ar. ouvir os melros e reconhecer a voz dos altifalantes. uma cerveja debaixo de uma árvore, um pouco de sol que ainda espreita. os alfarrabistas.
parar a meio do parque, a cabeça já leve. a ruína financeira a um passo, mas a alma tão satisfeita.
esqueço o trabalho, o que tenho que fazer e ser e reencontro-me no meio dos livros. sou leitora, vivo de livros, tenho orgulho desmedido da minha biblioteca. o pulso acelera e a adrenalina sobe quando encontro um determinado livro, quando leio um determinado texto, quando reencontro um dos meus escritores.

que se lixe o resto. ainda se vai comendo.

desço o parque e sinto falta do roxo dos jacarandás. continuo a reclamar com a merda de ideia da mudança de calendário. vou para casa com as pernas doridas, preocupada com a cadela, esquecida da carteira e sem pensar que amanhã de manhã sou outra coisa qualquer, outra vez.

 


 

Day 5:
day 5

Anúncios

~ por salamandrine em Maio 7, 2010.

2 Respostas to “going about it in the wrong way”

  1. Tu. Num post.

  2. :)))***

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: