Monotonia

Um dia monótono por outro qualquer
monótono, idêntico é seguido. Feitas serão
as mesmas, voltarão a ser feitas onde se quiser —
os momentos semelhantes encontram-nos e de nós vão.

Um mês passa e traz outro mês.
As coisas que vêm são fácil conjectura de fazer;
é o de ontem aquele aborrecido outra vez-
E acaba o amanhã por amanhã não aparecer.


Konstandinos Kavafis

tradução: Joaquim Manuel Magalhães e Nikos Pratsinis
Relógio d’Água

Anúncios

~ por salamandrine em Maio 10, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: