(…) já reparaste, Souka, meu irmão, que, quando as pessoas não compreendem as palavras que tu dizes, te tratam sempre como se fosses drogado?


Albert Cossery, A Casa da Morte Certa

tradução de Ana Margarida Paixão
© Antígona


Anúncios

~ por salamandrine em Agosto 27, 2010.

2 Respostas to “…”

  1. por aí! por aí!

  2. ;)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: