pausa

pausa
não serei a gaja mais avisada. de longe. quem me conhece também sabe que não sou a gaja que gosta de chuva. muito mais longe ainda.

mas quem me conhece melhor, sabe que sou a gaja que precisa do mar. não o mar de verão, aquela coisa com ar de sopa com os legumes todos a banho. gosto (preciso) deste mar, deste ar carregado, da violência da natureza que manda sempre mais.

duas molhas apanhei hoje. valente molhas. de chuva e de mar. (quase) voluntárias, ou pelo menos molhas a que me pus a jeito para apanhar. e até o telemóvel se portou bem. chego a casa de bem com o mundo, com a roupa ensopada, um bocadinho para o enregelada, mas feliz da vida.

...

Anúncios

~ por salamandrine em Outubro 8, 2010.

Uma resposta to “pausa”

  1. É o que interessa; um belo passeio no Expresso do Carcavelos, mais coisa menos coisa ;)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: