a teia

Marc Auge – Não Lugares – aeroportos, espaços em suspenso, a vida em standby;

Tiziano Terzani – Disse-me um Adivinho – a vida sem aviões, respiração pausada, o mundo, a introdução de Vaz Marques com uma citação de Manuel António Pina;

Elias Caneti – A Língua posta a Salvo – inadaptação, desaguisado com convenções, o mundo.

Resumo: os livros, a literatura, ler – viagem, mutação, ponto de encontro e de desajuste.

Às vezes, tantas vezes, o melhor lugar para se estar.

Anúncios

~ por salamandrine em Maio 15, 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: