( )

O acaso? É difícil dizer que não existe, mas de qualquer maneira ia-me convencendo de que grande parte daquilo que parece acontecer «por acaso» somos nós que fazemos com que aconteça; somos nós que, depois de mudarmos os óculos com que olhamos para o mundo, passamos a ver aquilo que antes nos escapava e por isso pensávamos que não existia. Resumindo, o acaso somos nós.


Tiziano Terzani, Disse-me um Adivinho

tradução de Margarida Periquito
© Tinta da China

Anúncios

~ por salamandrine em Maio 31, 2011.

Uma resposta to “( )”

  1. Eu não te dizia… e prepara-te para muito mais, ainda a «viagem» vai no adro :)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: