a paciência

É à decadência que aspira, aonde se instala. A estes nem é preciso empurrar: caem, esbarrondados, de per se. Alegria minha nenhuma e até me fazem falta. Mas pegar-lhes ao colo, falta-me a paciência e a força. Até já o fiz, noutros tempos, forte estúpido! Voltando à fórmula do Gasset: mirada de zoólogo.


Luiz Pacheco

Diário Remendado
© Dom Quixote

Anúncios

~ por salamandrine em Junho 29, 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: