Cosas de Poetas

Un joven poeta que quiere
conocerme. Quedamos
en un bar. Hablo yo,
él me mira y escucha:
No bebo, no fumo, no creo
en la salvación del mundo…
Y luego un poco de literatura.
Pasan horas. La euforia
inicial languidece. Le acompaño
hasta su hotel. Me ha encantado
conocerte —dice—, aunque… no sé…
te imaginaba de otra forma.
No pasa nada —le digo—,
hace unos años yo también.


Karmelo C. Iribarren
Otra ciudad, Otra vida

Huacanamo


Anúncios

~ por salamandrine em Novembro 23, 2011.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: