A excepção

Não tinha (nem tenho) intenção nenhuma de ter outras plantas que não cactos ou suculentas, mas esta enjeitada, a última, a mais pequena, a que ninguém quis e ficou a preço de saldo teve que vir para casa.
Perdi a conta às estrelas de natal que ofereci à minha mãe e todas elas morreram. Poucas plantas se dão naquela casa demasiado quente, rodeada de Sol por todos os lados.

O meu natal tem mirrado a cada ano que passa e este não é excepção. Consegui trazer um bocadinho dele de volta.

fingers crossed

estrela de natal

Anúncios

~ por salamandrine em Novembro 27, 2012.

Uma resposta to “A excepção”

  1. :))))

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: